quarta-feira, 27 de agosto de 2014

E a melhor definição:

"Há dentro de cada pasteleiro uma criança que não só adora brincar, como está sempre
a pensar num brinquedo novo. E no entanto, a criação na pastelaria é dos processos
mais solitários que existe. É como se a fantasia se fizesse também companhia.
Ainda por cima, todo o processo existe para nos dar prazer. Nunca é a fome que
nos faz aproximar da pastelaria, é sempre o desejo. E quando somos surpreendidos,
seja com um simples arroz doce ou com um complexo financier, ficamos em festa.
A pastelaria promove esta cumplicidade de forma simples e sensível. É aí que está a
sua grande beleza."

Escrito no Manual de Pastelaria da Escola!

Sem comentários:

Enviar um comentário